quinta-feira, 8 de junho de 2017

SÉRIE | 3% - 1ª TEMPORADA


Você aceitaria se desapegar do passado, para sair da pobreza e viver na riqueza? 
Sinopse: Em um futuro pós-apocalíptico não muito distante, o planeta é um lugar devastado. O Continente é uma região do Brasil miserável, decadente e escassa de recursos. Aos 20 anos de idade, todo cidadão recebe a chance de passar pelo Processo, uma rigorosa seleção de provas físicas, morais e psicológicas que oferece a chance de ascender ao Mar Alto, uma região onde tudo é abundante e as oportunidades de vida são extensas. Entretanto, somente 3% dos inscritos chegarão até lá. 3% é a primeira produção brasileira desenvolvida pela Netflix. Eu não vou negar que logo que comecei a assistir me lembrou Jogos Vorazes, e muito, processo de seleção, mundo pós apocalíptico, na hora lembrei da minha distopia favorita. Mas claro que isso não vai ser uma comparação. 


Em 3% todos os jovens de 20 anos recebem a chance de passar pelo Processo, mas só 3% desses jovens irão passar, e para isso eles precisam se esforçar muito, desde a entrevista, até as provas que são bem interessantes ao meu ver, e que vai testar o físico e principalmente o psicológico dos candidatos, afinal, o passado vai ser só o passado mesmo, se você passar no Processo toda a sua vida fica para trás. 


Eu vi algumas críticas negativas referente a série, e a minha única crítica negativa seria referente a alguns personagens, na verdade os personagens foram bem escritos, o que faltou foi entrega total de alguns atores.
O enredo está incrível, 97% da população vive na pobreza, e somente 3% na riqueza, então algumas crianças crescem sonhando com o dia em que vão passar no Processo e ter uma vida melhor no Mar Alto. 
A fotografia da série está ótima, o Processo é bem interessante, com algumas injustiças claro, e uma das coisas que mais gostei foi os 'flashbacks' dos personagens, a série tem 8 episódio somente nesse primeira temporada, então em cada episódio somos apresentados a um 'flashback' de personagens diferentes, entendendo o que aconteceu antes de cada um chegar ao Processo.
Entre todos os 'flashbacks' o meu favorito foi o do Ezekiel (quem comanda o Processo), fiquei surpreendida com algumas revelações, e parei de julga-lo. 

Joana e Rafael também tiveram um destaque a mais, acho que eles que mais movimentaram esse Processo, comecei não gostando muito de alguns personagens, mas depois acabaram virando meus favoritos, acontece né? kk. 

Enfim, super indico a série, tem a primeira temporada disponível na Netflix. 
E falando em Netflix, eles arrasaram mesmo, eu não achava que iria gostar dessa série como gostei, apesar de achar o final parado, queria mais adrenalina háhá, espero que a segunda temporada me surpreenda ainda mais.

Me conta aqui nos comentários se você já assistiu, ou se vai assistir?
Beijos! 

Um comentário

  1. Oi Line!!
    Sabia que essa série tinha algo que eu ia acabar gostando!
    Me pareceu a princípio uma mistura de várias distopias conhecidas,mas não significa que é bom,pelo contrário,tô imaginando ser muito bom mesmo!
    Preciso anotar na lista de séries pra ver,que por sinal só aumenta.Quero mais 24 horas no meu dia hahahaahahaa
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo